cliente tem o poder

O Cliente tem o poder

cliente tem o poderVocê já ouviu falar de Henry Ford, fundador da Ford Company? Ford foi um inventor americano que em 1908 produziu o Modelo T preto, um carro simples, barato e fácil de usar. Durante 19 anos, produziu apenas este modelo e um dos slogans era: “você pode ter o Ford que quiser, desde que seja na cor preta. Em 1927, lançou o Modelo A com mais cores, porém estava sendo ultrapassado pela General Motors.

 

Pode notar que no início de século 20 o cliente não tinha opções de escolha, sendo sujeito a comprar o que o mercado oferecia até que surgisse outro concorrente para lhe dar opções.

No cenário em que vivemos é retratado uma grande mudança, há um elevado número de concorrentes e diversidade de produtos, dando poder ao cliente para escolher o que quer e da forma que quer.

 

Uma ferramenta de poder do cliente é a Internet. Aqui ele escolhe o que quer ver e através de informações define o caminho a tomar.

 

Para atrair e satisfazer seus clientes, os websites utilizam de vários meios para interação, um exemplo é o modelo de negócio da empresa Happy Town, onde o cliente participa na co-produção de bichinhos de pelúcia. Podemos citar outro exemplo como a camiseteria.com, que permite ao cliente a opção de escolha da estampa que quer ter em sua camiseta.

Assim percebemos que as empresas estão investindo alto em recursos para atender seus clientes que assumem uma nova posição no início de sua cadeia de valor.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
 
 

Deixe uma resposta