Como virar um jogador de Poker em 1 semana: Dia 1

Você já se viu cometendo os mesmos erros vez após vez sem saber o que fazer para corrigi-los? Não é tão raro para um jogador experiente entrar em um padrão de jogo previsível. Eles vêem seu bankroll diminuindo vagarosamente sem entender o que está acontecendo. Às vezes o melhor a fazer é voltar ao básico para reaprender velhos conceitos ou aprender novos.

Este artigo irá te ajudar em um período de uma semana. Há um conceito para cada um dos dias e gostaríamos que você seguisse a risca o que vamos passar. Ao se forçar e aplicar estes conceitos, você conseguirá entender o propósito por trás da idéia. Além disso, te ajudará a perceber como os outros jogadores jogam quando você usar um dos conceitos discutidos aqui. No final de seis dias, você terá aprendido algumas coisas para “agitar” o seu jogo e talvez levá-lo a outro nível.

Dia Um – Desistindo de mãos dominadas

Instruções: Desista das seguintes mãos sempre que alguém aumentar e você estiver nas três primeiras posições depois dos blinds:

AJ, AT, Ax, KQ, KJ, KT, Kx, QJ, QT, Qx, JT, Jx, e qualquer outra mão que não seja um par ou AK/AQ.

Um dos maiores dilemas que os jogadores de poker enfrentam é não saber onde estão em um pote, ou até pior, comprometendo-se com uma mão batida. Isso acontece com mais freqüência quando jogamos com uma mão dominada, ou seja, uma mão que acerta o flop, mas é frequentemente batida pela força do kicker. Isso ocorre muito quando um jogador paga um raise com AT ou KJ e acerta um top pair no flop. Para todos os jogadores, exceto os mais experientes (embora eles também lutem com isso), essa situação leva a uma decisão difícil e pode te levar a eliminação. Se o jogador que aumentou no préflop aposta, você não pode ter certeza que a sua mão é melhor por causa do seu kicker. Se você aplica um re-raise para se situar e o jogador mais uma vez aumenta, você terá comprometido uma porção significante do seu stack com uma mão marginal.

Este exercício tem como objetivo te mostrar o valor em desistir de mãos dominadas. Pergunte-se sobre este tipo de mãos. Quanto você perdeu ou ganhou quando jogou estas mãos? Houve alguma situação onde jogar uma mão dominada era a coisa certa a fazer? Se sim, quando e por quê? Estude este tipo de mãos e as diferentes situações geradas por elas e você entenderá sua força e fraqueza e qual a hora certa de jogar ou não jogar estas mãos.

Confira o Dia 2 clicando aqui.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!
 
 

Deixe uma resposta