Confira algumas Ferraris que foram abandonadas por seus donos

Ferrari Enzo do deserto

Vemos aqui um exemplar da bela Ferrari Enzo abandonada em Dubai. A história por trás deste modelo data de 2011, quando um empresário britânico fugiu do país após contrair dívidas que não podia pagar. Como na época era crime declarar falência, ele foi embora deixando o modelo por lá. O paradeiro do carro atualmente é um mistério.

Ferrari 365 GT4 2+2 que sofreu, mas foi recuperada

Feita entre 1972 e 1989, a Grand Tourer – com motor dianteiro – teve feitas 500 unidades. Esta aqui foi abandonada, mas descoberta anos depois e levada para restauração.

Ferrari California atingida por enchente

O proprietário deste carro era advogado e acabou sendo pego por uma enchente a caminho do trabalho em algum lugar do Canadá. A Ferrari não pôde ser recuperada, mas o homem sensibilizou a fabricante que lhe ofereceu outro modelo em condições especiais.

Ferrari 599GTB mais barata do mundo

Já imaginou adquirir uma Ferrari por US$245? Foi o caso aqui. Este foi o preço pelo qual esta Ferrari 599GTB foi oferecida em um leilão. No entanto, o carro devia mais de US$ 1.400 em estacionamento, não estava registrado e não poderia ser guiado na China – local onde foi comprado.

Ferrari 458 Italia estacionada há anos

Dos carros mais bem-sucedidos da Ferrari nos últimos anos, a 458 Italia teve uma de suas unidades vivendo um fim de vida melancólico na China. O carro ficou anos neste estacionamento com um pneu furado, completamente esquecido.

Ferrari F40 do filho do ex-ditador do Iraque

Certamente um dos modelos mais clássicos da Ferrari. Mas este pertenceu a Uday, filho de Saddam Hussein – morto em 2003. O carro caiu no esquecimento, e seu paradeiro atual não é conhecido. Recentemente, o youtuber do canal Ratarossa – especializado em Ferraris – pediu ajuda para encontrar este modelo para reforma-lo.

Ferrari 208 GTB Turbo abandonada

Desta Ferrari não se sabe muito. Ela foi localizada abandonada em 2008, e acabou sendo colocada em uma garagem em Verona, na Itália. Uma pena, já que a 208 GTB Turbo foi um dos primeiros modelos de rua da Ferrari a usar tecnologia turbo da Fórmula 1.

Ferrari Mondial 8 condenada

Este exemplar da Mondial 8, de 1980, foi largada em Dubai e se deteriorou por anos. Seu ponto atual aparenta dificultar até mesmo uma restauração, com para-brisa e janelas removidas e rodas danificadas provavelmente em uma tentativa de rouba-las.

Ferrari 365 GTB/4 Daytona acumulando poeira em segredo

Peça única, esta Ferrari foi construída com um tipo especial de liga de alumínio para modelos de competição. Por alguma razão, o proprietário a guardou neste estado por cerca de quatro décadas. Recentemente ela foi vendida em um leilão por US$ 1,8 milhão.

Ferrari Enzo empoeirada

Aqui vemos mais uma dentre as 499 unidades fabricadas da Enzo que infelizmente não tiveram um final feliz. Poucas foram feitas na cor preta como esta, inclusive. E, sim, este modelo foi completamente abandonado.

Ferrari 488 Spider acidentada

Moradores da cidade de Huddersfield, na Inglaterra, acordaram um dia e viram uma Ferrari destruída em um terreno. A impressão é que o carro havia se envolvido em algum acidente e o proprietário havia abandonado o local e o deixado em outro lugar. Deve ter sido algo sério, já que o modelo vale pelo menos US$250 mil.

Ferrari 458 Italia esquecida no sol de Dubai

Após um acidente, esta Ferrari 458 Italia foi recuperada pela polícia e seu proprietário jamais foi busca-la. Isso ocorreu em Dubai, onde a prática de abandonar supercarros não é nada incomum.

Ferrari F430 abandonada após acidente

Esta Ferrari F430 foi abandonada em uma estrada recentemente após se envolver em um acidente que a levou a danos significativos na parte dianteira.

Ferrari Dino 308 GT4 corroída

A Dino foi o primeiro carro da Ferrari a usar um motor central V8. No entanto, a história não pode ser contada por este exemplar, abandonado em algum lugar da cidade texana de Houston, EUA. Curiosamente, ele foi colocado à venda no eBay por US$ 10 mil.

 
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.