Fórmula 1: A mágica em câmera lenta

 

A 200km/h, os carros de Fórmula 1 parecem máquinas infalíveis. Com tração, estabilidade e aerodinâmica impecáveis, rasgam retas como foguetes e contornam curvas como se andassem sobre trilhos. Mas da mesma forma que as mãos rápidas de um mágico ocultam o truque, a alta velocidade oculta a bela imperfeição do contato entre os bólidos e o asfalto. Veja como eles se comportam quando rodamos o filme em câmera super-lenta.

 

 

Nestes dois vídeos divulgados pela Scuderia Toro Rosso, os pneus destracionando na arrancada e as pequenas escapadas de frente e traseira nas curvas trazem de volta a noção de que os bólidos da F1 ainda são automóveis de verdade, que precisam desafiar a física como qualquer carro de passeio. Com mais atenção é possível até notar os gases invisíveis do escape tremulando a vista da lateral do carro, a forma como os pneus se livram da água sobre o asfalto e o momento em que ela se transforma em uma grande nuvem.

 

Coletado do Jalopnik

 
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.