Whiskey ou Whisky?

A grosso modo, uísque (no bom português) é uma bebida destilada a partir da fermentação de grãos (cereais e especialmente o malte) e envelhecido em barris. Na Escócia, a bebida é chamada de Scotch, nos Estados Unidos de Bourbon, no Reino Unido é chamada de whisky e na Irlanda é chamada de whiskey ou “Irish whiskey”.

Scotch

É a denominação que se dá ao uísque feito na Escócia. Por isso, uísque feito em outro país não pode ser chamado de Scotch. A grande maioria dos scotches é de blends, ou seja, mistura de uísques feitos em várias destilarias. Um scotch padrão é composto de 60% de uísques de cereais diversos e 40% de uísque de cevada (malt) feitos em diferentes regiões da Escócia, cuja mistura dá a cada marca suas características.

Bourbon

O Bourbon americano é um destilado que leva pelo menos 51% de milho, embora possa ter até 60% a 80% deste cereal. O restante é de pequenas proporções de cevada e centeio. Foi no município de Bourbon, Estado de Kentucky, onde os americanos conseguiram pela primeira vez produzir um uísque de milho realmente bebível. Alguns relatos atribuem a proeza ao destilador John Ritchie, que a teria realizado em Linn’s Fort. a leste de Bardstown, em 1777. Outras versões garantem que a façanha foi do reverendo Elijah Craig, de Georgetown, em 1789. De todo modo, a história do Bourbon começa com os colonizadores escoceses e irlandeses que, ao se estabelecerem no litoral leste americano, começaram a fazer uísque como em sua terra natal: com cevada. Mas, à medida que ocuparam as terras do interior, viram que o solo era mais propício ao plantio de outros cereais, como centeio e o milho. Hoje, mais da metade das destilarias de bourbon dos EUA estão em Kentucky, enquanto na Pennsylvania estão os maiores produtores de rye – o uísque de centeio. Os dois clássicos uísques americanos – o bourbon e o rye – são feitos em alambique tipo continuous e amadurecidos em barris de carvalho branco queimado por um ano, no mínimo. Quando a mistura leva pelo menos 80% de milho é chamado Corn Whisky, ou uísque caipira, e sua maturação se dá em barris de madeira verde. O Rye americano, por sua vez, é feito com pelo menos 51% de centeio e os restantes 49% são compostos de milho e cevada.

Irish Whiskey

Para produção do Irish Whiskey, o uísque irlandês, é usado o carvão para aquecer o malte em seus alambiques, embora isso não resulte em influência sobre o sabor da bebida. Outra característica marcante do uísque irlandês é a sua tripla destilação feita em alambiques do tipo pot, maiores que os escoceses, e com formato ligeiramente diferente. O mash, pasta de ingredientes usado no uísque irlandês dá-lhe um sabor acentuado de centeio, ao contrário do scotch, que tem aroma e sabores peculiares; mas por outro lado, a tripla destilação confere ao uísque irlandês certa leveza e um sabor muito puro. A bebida é envelhecida em tonéis do mesmo tipo usado para o sherry, podendo também ser maturada em barris de carvalho novo ou do tipo usado para o rum e o Bourbon, e que, por força de lei deve ser envelhecido no mínimo cinco anos. Citam-se como exemplos o Bushmils Black Label, o Crested Tem e o JaHeson, como excelentes uísques do tipo straight (uísque puro de cevada).

Blended Whisky

Blend, em inglês significa mistura. A maioria absoluta dos scotches bebidos no mundo são blends, ou seja misturas de uísques destilados em alambiques do tipo continuous, mais baratos e menos saborosos, com uísques destilados em alambiques do tipo pot, mais caros e encorpados.

Tennessee Whiskey

Uísque do tipo straigt produzido no estado de Tennessee, EUA, com pelo menos 51% de um só cereal em sua composição. Na prática, os mais famosos uísques do Tennessee são feitos no estilo do bourbon, utilizando sour mash e filtragem através de carvão vegetal.

 
 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.